domingo, 23 de maio de 2010

O Terreno

Como só tenho o terreno, e nada de começar a construção, vou postar as fotos dele. Já tive algumas dores de cabeça antes mesmo de começar a construção, uma delas foi a ligação da luz. Meu poste foi colocado na mesma posição que todos os outros do residencial, e adivinha o que falaram dele: disseram que eu tinha que afastá-lo mais dois metros para dentro do terreno, qual minha surpresa, porque só o meu? A resposta da RGE - que é a empresa fornecedora de energia aqui - isso depende da equipe que foi ligar. Quê!!!!!!
Não deveria haver um padrão, assim pensava eu, mas como a ligação é feita por empresa terceirizada, a RGE só teve isso como resposta, estou arrasada. Mais tempo disperdiçado, grana disperdiçada e minha alegria também. Amanhã, a empresa que vendeu e colocou o poste, irá removê-lo e colocá-lo dois metros para dentro do terreno, e mais uma vez será solicitada a ligação para a luz. Quero ver eles fazerem a leitura com dois metros e meio de distância depois que colocarmos a grade, ou muro, ainda não está decidido.
O terreno depois da terraplanagem. Ao lado o vizinho já está construindo.


O primeiro buraco feito para o poste.



O poste que segundo a equipe que foi ligar a energia, terá de ser removido.

O começo

Faz mais de dois anos que decidi comprar um terreno (financiado claro, pois à vista  seria impossível, sou o tipo de pessoa que não consegue economizar um centavo), e de lá para cá, sempre estive planejando uma forma de construir a minha casinha. Tinha consciência que se construísse com recursos próprios, demoraria muitos anos para conclui-la, por isso resolvi tentar um financiamento pela Caixa Econômica Federal, e em outubro de 2009 começou a minha saga atrás de financiamento e construtoras. Parei na primeira, pois tinha ótimas recomendações e me apaixonei por eles. Como eu tinha poucos recursos, e o finaciamento não poderia passar de cem mil reais, meu projeto foi bastante limitado, abri mão de quase tudo que eu gostaria que tivesse na minha casa (com exceção de três quartos, pois tenho um casal de filhos - farei uma postagem para apresentar minha família). A arquiteta da construtora fez uma planta, eu aprovei, mesmo não sendo a dos meus sonhos, mandamos para a prefeitura, que também aprovou - em 26 de novembro de 2009. Entrei com os documentos na Caixa dia 03 de fevereiro deste ano e, no dia 14 de abril assinei o contrato de financiamento pelo programa Minha Casa Minha Vida e, agora dia 13 foi liberado o dinheiro para a quitação do terreno, e também foi feito a escritura . Espero ansiosa pela colocação da primeira pedra do comeco de minha obra.